Perito da SPTC-GO ajuda a comprovar autoria de latrocínio que vitimou PM

Fonte: A A A

Em 26 de dezembro de 2016 o Cabo da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, Ivan Márcio, foi vítima de Latrocínio em Parnamirin-RN. A Perícia da Força Nacional trabalhou de forma integrada com a DEFUR (Delegacia Especializada em Furtos e Roubos) para elucidar o caso. A investigação já tinha informações sobre os autores do crime, mas não existia nenhuma prova e os suspeitos negavam a participação no crime.
O Perito Criminal da PC-AM Ladislau Brito, então Coordenador da Operação de Perícia da Força Nacional de Segurança Pública no Estado do Rio Grande do Norte, realizou o exame de comparação balística, comprovando que a arma apreendida com dois suspeitos (Fuzil AR-15 calibre 5,56mm) foi utilizada na prática do Latrocínio.

O automóvel utilizado pelos suspeitos foi periciado nas dependências do ITEP (Instituto Técnico-Científico de Perícia de Natal-RN), pelos Peritos Criminais Hérico Avohai e Ladislau Brito.  Hérico Avohai é servidor da Superintendência de Polícia Técnico-Científica de Goiás (SPTC-GO) e integra a perícia da Força Nacional de Segurança Pública desde julho de 2016.

Hérico é perito da SPTC-GO, cedido à Força Nacional de Segurança

Hérico é perito da SPTC-GO, cedido à Força Nacional de Segurança

 

Após a coleta dos vestígios, o material foi encaminhado ao Instituto de Pesquisa de DNA Forense (IPDNA) do Departamento de Polícia Técnica (DPT) da PC-DF e na semana passada, dia 12/07/2017, foi emitido Laudo Pericial de Exame de DNA, comprovando a presença de material genético de um suspeito no interior do veículo furtado, veículo esse que foi usado para cometer o latrocínio. Comprovou-se, portanto, a autoria de um criminoso.
Durante mais exames os papiloscopistas, Gisélia Subtil PC-MS e Bruno Arruda PC-TO encontraram impressões digitais de dois suspeitos no veículo utilizado para a prática do crime. A Perícia Criminal encontrou  impressões digitais e DNA de três suspeitos no veículo, dessa forma a Polícia Civil conseguiu concluir o inquérito e efetuar a prisão dos Criminosos.
Perícia encontrou digitais e material biológico no carro

Perícia encontrou digitais e material biológico no carro

importância da prova pericial
             
A Prova Pericial de uma força tarefa envolvendo a Força Nacional – com a participação de Peritos Criminais dos Estados do Amazonas e Goiás, além de Papiloscopistas de Tocantins e Mato Grosso do Sul, juntamente com a Polícia Civil do Rio Grande do Norte e apoio da Perícia da PC-DF, por intermédio do Diretor do DPT Dr. Paulo Vilarins –  foi fundamental e possibilitou a realização do exame de DNA. A Perícia da PC-DF é bem equipada, possui excelentes profissionais e em diversas situações já auxiliou outros estados.
           
A Prova Pericial é fundamental para auxiliar a Justiça, permitindo a elucidação dos crimes. O Estado do Rio Grande do Norte ainda não possui laboratório de DNA Forense e a integração nacional da Perícia Criminal – promovida pela Força Nacional de Segurança Pública, com apoio da Perícia da PC-DF – contribui para diminuição da impunidade.
          
O Perito Criminal da SPTC-GO, Hérico Avohai, atualmente e o Coordenador da Operação de Perícia da Força Nacional de Segurança Pública no Estado do Rio Grande do Norte.
Fonte: A A A
Publicado por:


Compartilhe