Laboratório de DNA do IC é certificado pelo GITAD pela 7ª vez

Fonte: A A A

O Laboratório de Biologia e DNA Forense do Instituto de Criminalística Leonardo Rodrigues foi inaugurado em março de 2010. Tem como missão realizar perícia em DNA oriundo de vestígios coletados em locais de crime, em corpos de vítimas de violência sexual e de homicídio e em restos mortais não identificados, objetivando materializar o crime, apontar a autoria e identificar vítimas, por intermédio de uma equipe de profissionais capacitada e especializada, a fim de atender as autoridades, com agilidade e eficiência, contribuindo com a justiça e a verdade. Desde a inauguração, já foram atendidas aproximadamente 1500 requisições de exames.

O laboratório segue normas de padronização de exames em DNA preconizados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP). Um dos critérios estabelecidos pelo Comitê Gestor da Rede Integrada de Banco de Perfis Genéticos (vinculado ao Ministério da Justiça), da qual Goiás faz parte, é realizar pelo menos um teste interlaboratorial, com resultados satisfatórios, para os marcadores requeridos que estão incluídos no Banco de Dados de Perfis Genéticos.

O Laboratório participa do controle de qualidade do Grupo Iberoamericano de Trabajo en Análisis de DNA (GITAD) e já realizou 7 testes de proficiência, desde sua inauguração, com resultados satisfatórios em todos eles. O objetivo principal de participar de tais provas é, além de seguir as normas estabelecidas, assegurar a qualidade das análises desenvolvidas, garantir a confiabilidade e integridade dos resultados obtidos pelo Laboratório e a competência técnica da equipe. O controle de qualidade do GITAD, vinculado à Academia Iberoamericana de Criminalistica Y Estudos Forenses, inclui além de Laboratórios e Instituições da América Latina, Espanha e Portugal.

O sucesso ocorre em função dos investimentos em tecnologia por parte do governo, bem como pela contratação de peritos criminais especializados, através de concurso público. Além da contratação, há o treinamento e capacitação na área forense dos profissionais envolvidos diretamente nas análises.

A equipe técnica que faz o levantamento no local de crime e dos IMLs de Goiás, como Peritos Criminais, Médicos-legista, Auxiliares de Laboratório Criminal e de Autópsia tem contribuído com o sucesso das análises laboratoriais. Vários treinamentos de coleta de amostra biológica em locais de crime, em pessoas vivas e em restos mortais já foram realizados. O objetivo é capacitar e subsidiar a equipe para levantar provas materiais, dar a materialidade e a autoria do crime.

 

Neide Maria de Oliveira Godinho

Perita Criminal

Administradora do Banco de Perfis Genéticos/SPTC-GO

Instituto de Criminalística Leonardo Rodrigues

Laboratório de Biologia e DNA Forense

Seção de Dados de Perfis Genéticos

 

Certificado 2010

certificado 2010 PNG

 

 

 

 

 

Certificado 2011

certificado 2011 PNG

 

 

 

 

 

Certificado 2012

certificado 2012 PNG

 

 

 

 

 

Certificado 2013

certificado 2013 PNG

 

 

 

 

 

Certificado 2014

certificado 2014 PNG

 

 

 

 

 

Certificado 2015

certificado 2015 PNG

 

 

 

 

 

Certificado 2016

certificado 2016 PNG

 

 

 

 

 

Treinamento para coleta de vestígios em local de crime para Peritos Criminais -  GO.

Treinamento para coleta de vestígios em local de crime para Peritos Criminais – GO.

 

 

 

 

 

 

 

Treinamento da equipe de Peritos Criminais do Laboratório de Biologia e DNA Forense do Instituto de Criminalística Leonardo Rodrigues -  GO.

Treinamento da equipe de Peritos Criminais do Laboratório de Biologia e DNA Forense do Instituto de Criminalística Leonardo Rodrigues – GO.

 

 

 

 

 

 

 

 

Treinamento da equipe de Peritos Criminais do Laboratório de Biologia e DNA Forense do Instituto de Criminalística Leonardo Rodrigues -  GO.

Treinamento da equipe de Peritos Criminais do Laboratório de Biologia e DNA Forense do Instituto de Criminalística Leonardo Rodrigues – GO.

 

 

 

 

Fonte: A A A
Publicado por:


Compartilhe