Exames médicos periódicos para os servidores começam em janeiro

Fonte: A A A

Todos os servidores públicos da administração direta, autárquica e fundacional do Poder Executivo de Goiás, nascidos nos meses ímpares – janeiro, março, maio, julho, setembro e novembro -, deverão fazer os exames médicos periódicos obrigatórios, a partir do próximo mês. Esta é uma ação preventiva que busca preservar a saúde, a qualidade de vida e o bem estar do servidor, por meio dos exames clínicos e avaliações laboratoriais.

Os exames serão realizados em ciclos. Em 2019 serão feitos os exames médicos periódicos nos servidores nascidos nos meses pares – fevereiro, abril, julho, agosto, outubro e dezembro.

A iniciativa faz parte da Política de Segurança e Saúde no Trabalho dos Servidores Públicos sob a responsabilidade da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), através da Superintendência Central de Administração de Pessoal, tendo como executante a Gerência de Saúde e Prevenção em parceria com o Instituto de Assistência aos Servidores Públicos do Estado de Goiás – Ipasgo.

De acordo com a superintendente da Central de Administração de Pessoal, da Segplan, Liliam Milhomens, os resultados obtidos com esta campanha contribuirão para o estabelecimento do perfil epidemiológico dos servidores estaduais.

Simultaneamente, está sendo lançada uma cartilha para esclarecer dúvidas e orientar os servidores acerca dos procedimentos necessários para que estes possam usufruir desta ação. A cartilha também pode ser acessada através dos sites da Segplan: http://www.segplan.go.gov.br/ e do Portal do Servidor: http://www.portaldoservidor.go.gov.br/

Os exames serão realizados pela rede credenciada do Ipasgo. O servidor, mesmo aquele que não é associado ao Ipasgo, receberá uma guia de consulta e deverá procurar o profissional ou a clínica credenciada que lhe for mais acessível e conveniente. Os exames poderão ser realizados no horário de expediente, sem ônus ou necessidade de compensação de horários por parte dos servidores. Contudo, se faz necessário que o servidor apresente uma declaração de comparecimento que deverá ser entregue na gerência de Gestão de Pessoas do órgão onde presta serviço.

Como fazer
19-12-Exames-Médicos-PeriódicosOs exames médicos periódicos (EMP) fazem parte do Programa de Saúde Ocupacional para avaliar o estado de saúde do servidor. Visa identificar possíveis alterações em função dos riscos existentes no ambiente de trabalho e de agravos à saúde relacionados com a atividade laborativa e/ou com o ambiente de trabalho. Também possibilitarão a adoção de medidas de prevenção, vigilância aos ambientes de trabalho e promoção à saúde.

A Segplan e o Ipasgo definiram alguns passos que devem ser seguidos para a realização dos exames. No mês do seu aniversário, conforme o cronograma já definido, o servidor, utilizando-se do seu CPF e senha do contracheque, deve acessar o link: Exames Médicos Periódicos no site da Segplan – http://www.segplan.go.gov.br/ – ou do seu órgão ou entidade de lotação.

O servidor terá até o fim do mês seguinte ao do seu aniversário para fazer os exames, ou seja, os nascidos em janeiro terão até o fim de fevereiro para realizar o EMP.

Ai, deve-se preencher a Anamnese (questionário do histórico de saúde). A partir daí, o servidor será direcionado para o Sistema Ipasgo de Saúde Ocupacional (Siso) para agendar a consulta na cidade e no hospital/clínica que lhe for mais conveniente.

O servidor deve comparecer no dia e horário agendado para a realização da consulta. Se o médico pedir exames complementares acesse o link: http://grecia.ipasgo.go.gov.br:8080/ConsultaRedeCredenciada/ para buscar na rede de atendimento do Ipasgo, laboratórios que realizarão os exames. A Segplan lembra que o servidor não terá nenhum custo com esses exames.

Após a consulta final, o médico entregará ao servidor duas vias do Atestado de Saúde Ocupacional (ASO). Uma via deverá ser guardada pelo próprio servidor. A outra será encaminhada à Unidade de Gestão de Pessoas do seu órgão ou entidade de lotação para fins de comprovação de sua realização e a devida anotação em dossiê funcional.

O servidor que receber o encaminhamento com o resultado Inconclusivo deverá permanecer em efetivo exercício e terá até 15 (quinze) dias, a partir da data da realização do exame periódico, para agendar, via teleatendimento (62-3269-4202), o seu comparecimento com data e horário marcados à Gerência de Saúde e Prevenção para fins de emissão do parecer final.

A Superintendência da Central de Administração de Pessoal e o Ipasgo já repassaram aos representantes das Gerências de Gestão de Pessoas de todos os órgãos governamentais as orientações sobre como serão realizados os exames médicos periódicos. O Programa EMP foi instituído no Estado de Goiás pela Lei 19.145/2015.

Comunicação Setorial – Segplan
Mais informações: (62) 3201-5722 / 3201-5715

Fonte: A A A
Publicado por:


Compartilhe